CONHEÇA NOSSO BLOG
08Mar
Observamos uma pessoa checando os componentes do sistema de arrefecimento.

Quais são os componentes do sistema de arrefecimento e quando trocar?

O sistema de arrefecimento é um exemplo de parte do carro que alguns não sabem para que serve. Você sabe o que ele é, para que serve e quais são os componentes do sistema de arrefecimento? Sabe quando ele deve ser trocado? Neste artigo nós esclarecemos estas questões. Confira!

O que é arrefecimento?

Arrefecimento é um sistema que serve para resfriar o carro. Quando fica muito quente e atinge uma temperatura alta (fora da margem de 90ºC a 110ºC), ele não consegue funcionar corretamente. Isso porque, em altos níveis, a temperatura pode derreter peças internas.

O fluído de arrefecimento somente circula pelo bloco do motor e passa no radiado para fazer a troca de calor. Logo, problemas podem ser causados caso haja alguma alteração. Alguns são:

  • superaquecimento do motor;
  • travamento da válvula termostática;
  • vazamento nas mangueiras.

Então, o objetivo do sistema de arrefecimento é esfriar e estabilizar a temperatura do veículo, bem como do motor. Assim, evitando prejuízos.

Quais os componentes do sistema de arrefecimento?

O arrefecimento não é uma única peça automotiva, como alguns podem pensar. Ele é todo um sistema composto por um grupo de peças e equipamentos. Entre os componentes do sistema de arrefecimento estão:

Bomba d´água

A bomba d´água é responsável por ajudar na circulação do líquido dentro do sistema. A finalidade é realizar uma troca de calor entre a água e as peças do motor.

Válvula termostática

Essa peça é responsável por regular a temperatura. Desse modo, ela armazena a água (no vaso de expansão) até que o motor atinja o calor ideal.

Sensor de temperatura

O sensor de temperatura tem como objetivo, dentro do sistema, informar a temperatura ao módulo de comando ou painel do veículo. Essa informação pode referir-se à temperatura do motor ou da água.

Reservatório

Como o nome já pré-define, essa parte é responsável por armazenar toda a água do sistema de arrefecimento.

Radiador

Essa é a peça que recebe a água quente depois que o motor atinge a temperatura ideal. Sua função é resfriá-la.

Aditivo

O aditivo, por sua vez, é um componente que aparece no sistema misturado com água desmineralizada. É essa mistura que no radiador ajuda a resfriar a água. O objetivo deste composto na mistura é, no entanto, impedir que a água atinja temperaturas extremas. Ou seja, ele evita que ela ferva ou congele.

Ventoinha

Por último, a ventoinha é a peça responsável por garantir que se tenha uma boa troca de calor entre a água e a atmosfera. Ela ventila o radiador, diretamente. O objetivo é que a troca de calor aconteça de maneira mais rápida e eficiente.

Quando devo trocar?

Cada um dos componentes do sistema de arrefecimento possui uma orientação diferente quanto à troca. A substituição se dá por causa da indicação do fabricante ou defeitos, apenas. Por várias vezes esse último é o motivo de troca, já que a orientação de substituição regular refere-se apenas aos fluidos do grupamento.

Para que não seja necessário realizar a troca de peças por causa de falhas no sistema de arrefecimento, é preciso:

Conte com uma empresa confiável para fazer a manutenção do seus componentes do sistema de arrefecimento! A Veluplast realiza esse e outros serviços automotivos. Entre em contato para orçamento ou tirar dúvidas!

Gostou deste artigo? Visite nosso blog! Lá você encontra outros textos em que falamos sobre o mundo automotivo. Veja algumas sugestões:

Compartilhe:

Posts Recentes Tags