CONHEÇA NOSSO BLOG
05Mar
sistema de arrefecimento do motor

Sistema de arrefecimento do motor: conheça a importância!

O sistema de arrefecimento do motor é responsável por manter a temperatura ideal do veículo. Desta maneira, impede que o automóvel, quando em atividade, fique muito quente. Portanto, opera tanto como uma proteção para o veículo quanto para o condutor. Continue a leitura deste artigo para saber quais são as peças que o compõe e como ele funciona na prática!

Qual é a importância do sistema de arrefecimento do motor?

Como falamos anteriormente, o sistema de arrefecimento do motor é responsável pelo resfriamento do veículo. Quando ele se encontra em bom funcionamento, por exemplo, é possível garantir que o automóvel não atingirá um nível de temperatura que o impeça de circular. Caso o sistema de arrefecimento não fosse presente nos veículos, os condutores viveriam na instabilidade de ocorrer uma explosão a qualquer momento. Desta maneira, como o sistema de arrefecimento controla a temperatura do motor, impede que as demais peças se deteriorem pela ação do calor em excesso. Por isso, é importante que os condutores se conscientizem da necessidade de mantê-lo em bom estado, principalmente quando pretendem fazer uma viagem muito longa.

Quais são os principais componentes e o funcionamento?

O sistema de arrefecimento do motor é montado por um ciclo fechado que contém 7 componentes principais. Eles são: bomba d’água, sensor de temperatura, válvula termostática, reservatório, radiador, aditivo e ventoinha. Com o fluxo fechado destas peças, não é possível que a água evapore. Tal questão aumenta a durabilidade do líquido no reservatório, algo que, em modelos antigos, era bem mais difícil.

Vale destacar que as peças do sistema de arrefecimento devem ser trocadas de acordo com a orientação feita pelo fabricante ou quando apresentarem defeito.

A regra para o fluido do sistema é diferente. O ideal é seguir a recomendação do manual do proprietário que indicará o prazo de troca do fluido. A indicação de troca preventiva é a cada 1 ano. Assim, a cada ciclo completo é fundamental que o condutor leve o carro até uma oficina mecânica especializada para fazer a verificação. As mangueiras também precisam ser checadas. Afinal, de acordo com a utilização do veículo elas podem sofrer desgaste e, portanto, apresentar ressecamento.

De que forma ele funciona?

Depois de já termos falado sobre os componentes do sistema de arrefecimento do motor, é fundamental destacar o funcionamento deste. O fluido percorre todo o fluxo com o objetivo de resfriar a temperatura do motor. Essa ação é propiciada pela atividade da bomba d’água, que promove a chegada da água às galerias do motor.

Nesse passo, você já deve estar se perguntando: “o que acontece quando a água alcança uma alta temperatura?”. A resposta é bem simples: neste caso, a válvula termostática abrirá espaço para entrada do ar externo. De tal forma, a água fará a troca de calor e poderá manter-se em temperatura regular. Além disso, também não podemos deixar de destacar o papel da ventoinha neste processo. Ela é acionada para intensificar o resfriamento do fluido no radiador.

Escolha a Veluplast!

Gostou do nosso artigo sobre o sistema de arrefecimento do motor e ainda não sabe onde fazer a revisão? Escolha a Veluplast! Nossos profissionais são altamente qualificados para realizar esta ação. Assim, você ficará assegurado de qualquer erro que possa impedir o funcionamento correto de seu veículo. Nossas lojas estão localizadas em São Cristóvão, Barra da Tijuca e Recreio. Entre em contato conosco para conhecer as condições que oferecemos!

Em nosso blog, veja os últimos artigos que produzimos para você. Lá estão:

Compartilhe: